segunda-feira, outubro 03, 2005

Sol Oculto



Um eclipse do Sol é um fenómeno de rara beleza, privilégio dos seres que habitam o Planeta Terra. Trata-se do resultado de uma interessante coincidência entre as dimensões do nosso satélite natural, a Lua, e a distância à nossa estrela, o Sol. A Lua tem um diâmetro de aproximadamente 3.476 km e encontra-se a uma distância média de 384.400 km da Terra. O Sol, que tem um diâmetro de 1.392.000 km (cerca de 400 vezes maior do que a Lua), fica a uma distância de 150 milhões de km ou seja, aproximadamente 400 vezes mais distante do que a Lua. Como consequência, os diâmetros aparentes do Sol e da Lua, vistos a partir da Terra são muito próximos. Um eclipse ocorre sempre que a Terra, a Lua e o Sol estão perfeitamente alinhados.
E foi o que aconteceu esta manhã pelas 09:53H. Contudo, não foi um eclipse vulgar, mas sim uma sua variante: um eclipse anular- ou seja, a Lua não tapou complectamente o Sol, mas apenas a zona central do disco solar, o que resultou na observação de um anel de luz. A designação de anular provèm do latim anulum, que significa anel.
O próximo eclipse desta natureza terá lugar apenas em 2028... Até lá... resta-nos apreciar a natureza na sua explendorosa magnificiência.


... E do dia que escureceu, fez-se um novo amanhecer...

1 Comments:

Blogger Lobito said...

El eclipse es como todo, la belleza, el amor, la vida, la muerte, los encuentros y los desencuentros.

Como todo, Claudinha: todo es una "interessante coincidência"

5/10/05 03:14  

Enviar um comentário

<< Home