sexta-feira, julho 07, 2006

Pégaso



NOTA INFORMATIVA:

O cavalo comum é um símbolo tradicional do desejo carnal. Os centauros, metade homens, metade cavalos, são seres que representam a identificação do ser humano aos instintos animalescos. O cavalo alado, ao contrário, é símbolo da sublimação e da imaginação criadora.

O nome Pégaso provirá da palavra grega pegai, que significa fontes.

------------------------------------------------------------------------------------------------

Por isto eu sei, meu Pégaso, que não estás preso, tu voas todas as noites até mim, e encostas-te ao meu espírito até dele jorrar a criação que me preenche.

Não foi por acaso que cruzámos olhares, que trocámos odores... Marcaste-me para sempre porque eu sei que, mesmo preso, és livre, por mim, e para mim, meu Pégaso...

... e observo-te constelado no firmamento quando à noite peço inspiração...

7 Comments:

Blogger Eleafar Cananita said...

hay gente por alli diciendo que los caballos son imagenes paternas. tanto se dice.

lo unico que se es que Pegaso no aparece en mi cielo constelado. pero hasta hace poco podía ver a Aldebaran de Tauro. mi estrella.

7/7/06 05:12  
Blogger Myu said...

andas mto romantica.. sim sra...

beijinhos

7/7/06 14:34  
Anonymous Carlos said...

Pégaso, o cavalo alado gerado por Medusa numa relação extra-matrimonial de Poseidon, Deus dos Mares. Após ser apanhada nessa relação no templo de Atenas, esta transforma os longos cabelos de Medusa em serpentes. Até na mitologia os deuses saltavam a cerca...Realmente!!!
Um beijo fofo

8/7/06 01:33  
Blogger Myu said...

obrigada pelo comentario no meu blog amiga!!
Mto obrigada mesmo.. por tudo..

9/7/06 00:03  
Blogger Ferreirinha said...

Inspirada e inspiradora. Não precisas de um Pégaso para te ajudar a escrever. Leve é o teu espírito, e ligeira a pena com que crias uma escrita arrebatadora.
Parabéns e continua a presentear-nos com a tua excelência.

10/7/06 13:58  
Anonymous Anónimo said...

OI

26/7/06 18:59  
Anonymous caprin said...

"O cavalo comum é um símbolo tradicional do desejo carnal". confesso que nunca tinha ouvido ou estabelecido tal associação.
sempre vi no cavalo a força da liberdade... em pequeno tinha um quadro com um cavalo branco que seguia a galope, liderando muitos outros... tudo isto com uma planicie de fundo. talvez por isso, sempre associei os cavalos aos "espiritos livres" da natureza...
obrigado por me fazeres recordar esse quadro.
a tua escrita é muito confortante.
Bj,
Ca

ps- vou continuando a ler-te, mas por hoje, paro aqui.

8/4/07 00:47  

Enviar um comentário

<< Home